Prédios de 5 km de altura

A Arconic, uma empresa de engenharia avançada e novos materiais criada em 2016 a partir da divisão da Alcoa, prevê em 45 anos prédios de 5 km construídos com materiais sustentáveis e fabricados com impressoras 3D. Um projeto em desenvolvimento já contempla um prédio com a altura de cinco quilômetros, cinco vezes mais alto que o maior prédio do mundo, o Burj Kalifa em Dubai, que tem 828 metros de altura e 163 andares. Curiosamente, o projeto chama-se The Jetsons, nome do desenho animado futurista do início da década de 60. Continue lendo “Prédios de 5 km de altura”

Usinas fotovoltaicas em estacionamentos geram economia e protegem o meio ambiente

Substituir as coberturas de estacionamento por painéis fotovoltaicos geram energia para consumo próprio e reduzem a emissão de gases do efeito estufa. Estes projetos contribuem com os planos municipais de mudanças climáticas e reduzem os gastos com energia.

Em 2017 os Parque Villa-Lobos e Cândido Portinari em São Paulo serão abastecidos totalmente com energia fotovoltaica com a instalação de 3.000 painéis no estacionamento de um dos parques. O sistema tem capacidade para gerar 665 MWh por ano. Continue lendo “Usinas fotovoltaicas em estacionamentos geram economia e protegem o meio ambiente”

Programa Minha Casa, Minha Vida: FGTS poderá ser usado para energia solar

Essa é uma iniciativa importante, tanto do ponto de vista de sustentabilidade no curto prazo como de redução de gastos das famílias do programa Minha Casa Minha Vida no longo prazo.

Entretanto, é conveniente analisar o tempo de retorno do investimento, uma vez que algumas famílias do programa MCMV têm o benefício da tarifa social de energia, um benefício social criado pelo Governo Federal para unidades residenciais de famílias com baixa renda. Consiste na redução da tarifa de consumo de energia elétrica em até 65%, para Indígenas e Quilombolas até 100%. A família deve estar inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, ou seja, ter NIS – Número de Identificação Social, com renda familiar mensal por pessoa menor ou igual a meio salário mínimo nacional, independente de possuir ou não o benefício do Bolsa Família; ou inscrita no Cadastro Único da Prefeitura, com renda familiar mensal de até três salários mínimos, que tenha alguém com doença ou patologia que precise do uso continuado de aparelhos ou equipamentos elétricos; ou, que tenha Idoso ou Deficiente que receba o Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social – BPC, Lei LOAS, com seu respectivo NB – Número do Benefício. Continue lendo “Programa Minha Casa, Minha Vida: FGTS poderá ser usado para energia solar”

Maior termelétrica com combustível renovável é inaugurada em São Paulo

A maior termelétrica do Brasil movida a combustível renovável – gás procedente de aterro sanitário – foi inaugurada na última sexta-feira (16), na cidade de Caieiras, na Grande São Paulo. A Termoverde Caieiras tem potência instalada de 29,5 megawatts (MW) e gera energia renovável a partir do lixo depositado em aterro, que libera o gás metano, usado como combustível para a termelétrica. Continue lendo “Maior termelétrica com combustível renovável é inaugurada em São Paulo”