Cinco erros de implantação de centros de distribuição urbanos

Os centros de distribuição urbana, como o CEAGESP, são valiosos para melhorar o fluxo de mercadorias e a mobilidade das cidades, buscando sempre atender as expectativas do cliente. Os centros melhoram a qualidade do ar, reduzindo a necessidade de grandes caminhões circularem pelas cidades, fomentando o uso de veículos menores e no futuro privilegiando os carros elétricos.

As cidades devem evitar os seguintes equívocos:

  1. Usar bases de dados imprecisas sobre a logística das cidades contemplando apenas as lojas e não considerando outros agrupamentos, tais como: principais fluxos de transporte de construção, remoção de resíduos, grandes setores de compras corporativas;
  2. Soluções pouco discutidas com os principais interessados e baseadas em dados analisados por técnicos. O resultado, além de desagradar os lojistas, podem aumentar o tempo de entrega dos produtos;
  3. Os centros de distribuição acabam sendo mais caros para os transportadores, considerando toda a cadeia logística. A entrega dos produtos no centro, suas distribuição para os caminhões de entregas menores podem encarecer o processo logístico, neutralizando os efeitos de agilidade e redução da emissão de gases do efeito estufa;
  4. O modelo de negócio não foi bem estruturado para o centro de distribuição logística e, portanto, não ter a rentabilidade esperada, tornando-se uma solução deficitária;
  5. Uma decisão política pode mudar os resultados de longo prazo do projeto.
Facebooktwitter

BNDES investe no desenvolvimento de PPPs em iluminação pública

No dia 8/2, o BNDES aprovou um programa para assessorar municípios em projetos público-privados nas áreas de iluminação pública e resíduos sólidos urbanos. O BNDES auxiliará os gestores de municípios no planejamento e contratação de consultores para realizar estudos para modelagem da parceria, road show, audiência pública, consulta pública, atendimento a órgãos de controle até a realização dos leilões para a contração do parceiro privado. Continue lendo “BNDES investe no desenvolvimento de PPPs em iluminação pública”

Facebooktwitter

Livro sobre Eficiência Energética no Saneamento

O livro Eficiência Energética no Saneamento apresenta nove trabalhos contemplados no Prêmio Sanepar de Tecnologias Sustentáveis (PSTS) e no Prêmio Inova Sanepar, ambos sobre eficiência energética no saneamento. A obra também traz um resumo sobre o histórico do trabalho realizado pela Sanepar na busca da sustentabilidade energética.

Clique na figura para acessar o conteúdo do livro

Continue lendo “Livro sobre Eficiência Energética no Saneamento”

Facebooktwitter

Prédios de 5 km de altura

A Arconic, uma empresa de engenharia avançada e novos materiais criada em 2016 a partir da divisão da Alcoa, prevê em 45 anos prédios de 5 km construídos com materiais sustentáveis e fabricados com impressoras 3D. Um projeto em desenvolvimento já contempla um prédio com a altura de cinco quilômetros, cinco vezes mais alto que o maior prédio do mundo, o Burj Kalifa em Dubai, que tem 828 metros de altura e 163 andares. Curiosamente, o projeto chama-se The Jetsons, nome do desenho animado futurista do início da década de 60. Continue lendo “Prédios de 5 km de altura”

Facebooktwitter